HOME Você Funciona Bem?

Você Funciona Bem?

Você sabia que é possível darmos conta de nossos diversos papéis e responsabilidades (pai, mãe, filho, profissional, marido, esposa, amigo, etc.), sem desgaste excessivo e mantendo de forma consistente bons níveis de performance?

Talvez com o mundo de hoje, onde nos é exigido um nível alto de realização, isso possa soar como um milagre.

Mas o conceito de Funcionamento Otimizado, abordado por grandes nomes como Freud, Jung, Maslow, entre outros, trata exatamente disto, como alcançar a otimização de nossas atividades pessoais e profissionais, mantendo os resultados positivos.

Segundo o Psicólogo Will Meek (2010), nós podemos tender para dois tipos de funcionamento, veja se você se identifica:

O Superfuncionamento: ir além de suas responsabilidades, agir de modo centralizador, controlador e superprotetor. A pessoa que está em superfuncionamento tem o foco no outro e não em si mesma e apesar de ser bem intencionada, impede o outro de aprender com os erros, de encontrar suas próprias soluções e de se desenvolverem plenamente como indivíduos autônomos, ao mesmo tempo que negligencia a si mesma, acumulando stress, insatisfação e frustração.

O Subfuncionamento: ao contrário, é ter dificuldade para assumir responsabilidades, manter compromissos, cumprir prazos, resolver problemas, tomar decisões e por isso geralmente tem dificuldade para perceber que alguma coisa está errada e pode contribuir para formar uma pessoa de baixa eficácia, fragilizada, que reage negativamente ao incentivo de outras pessoas.

A boa notícia é que o Funcionamento Otimizado não é um dom, um talento acessado por poucos, mas sim um processo que pode ser promovido e aplicado por todos nós.

Desenvolvido com base nos trabalhos de Rogers, 1961; Maslow, 1954; Meek, 2010, para promovermos o Funcionamento Otimizado, precisamos de 4 passos:

PASSO 1) Avalie seu funcionamento – Ele é Super, Sub ou Otimizado?

PASSO 2) Eleve sua Consciência – Pergunte-se: Que consequências você tem por funcionar desta forma? E as pessoas à sua volta, o que elas ganham ou perdem por você funcionar desta forma?

PASSO 3) Elabore um plano – O que você gostaria de mudar? Que mudança geraria um impacto profundo e positivo em você e nas pessoas? Quais os próximos passos?

PASSO 4) Promova a Mudança – Utilize ferramentas para mudança, estude sobre o tema, peça apoio das pessoas do seu convívio. O Coaching é uma ótima ferramenta para o processo de mudança também.

E então? Preparado para funcionar bem?

Rosangela Meusel – Master Coach – apaixonada por despertar o melhor nas pessoas.

JD Edwards com a Internet das Coisas (IoT)

O uso de comunicações Machine-to-Machine (M2M) permite que as organizações resolvam seus problemas de negócios mais desafiadores. Esses sistemas funcionam anexando sensores para coletar informações como temperatura, altitude, pressão ou vibração. A coleta de informações de máquinas permite que as organizações integrem essas informações em seus processos de negócios para tomar decisões mais inteligentes, reduzir […]

NF-e 4.0, o que muda?

O arquivo XML da nota fiscal eletrônica (NF-e 4.0) terá alterações e será necessário um sistema preparado para tais mudanças. O prazo de início está se aproximando e ainda existem muitas dúvidas a respeito do tema. O prazo inicial de entrega, que seria em abril, foi prorrogado para 2 de agosto de 2018. Desde novembro […]

O dinamismo e a complexidade para gerir serviços contratados.

A criação de processos realmente eficazes para o controle e gestão dos serviços contratados das empresas está cada vez mais complexa e dinâmica, em razão de diversos fatores, como a variedade de serviços específicos diretos e indiretos ao CORE Business das empresas, a descentralização das solicitações e em muitas situações, a falta do planejamento, são […]

Não permita que as Changes Request comprometam seus projetos de TI

Venda fechada, contrato assinado, todos felizes. O projeto começa e pouco tempo depois você precisa falar para o seu cliente: “Isso que você pede está fora do escopo”.