HOME Como o impacto da LGPD pode gerar oportunidades para as empresas?
impacto da lgpd

Como o impacto da LGPD pode gerar oportunidades para as empresas?

A maneira como as pessoas tratam as informações privadas está prestes a mudar. Até pouco tempo, os dados digitais eram compartilhados em grande volume e sem qualquer cuidado. Hoje, com o impacto da LGPD, todo esse cenário vem mudando em resposta ao desejo por mais privacidade.

Com a nova legislação, todas as empresas serão legalmente obrigadas a coletar e manipular as informações de maneira transparente. A importância da tecnologia e segurança da informação, nesse sentido, fica evidente.

O setor jurídico, por exemplo, deve entrar em conformidade com as novas normas o quanto antes. Com o contato diário com dados sensíveis dos clientes, a não conformidade acarretará prejuízos incalculáveis às empresas.

Por outro lado, a adequação à novas normas, além de evitar punições severas, também é uma nova chance para os negócios melhorarem seu posicionamento no mercado. Afinal, segurança e transparência são qualidades altamente exigidas pelo consumidor digital.

Confira, neste artigo, como a sua empresa pode aproveitar o impacto da LGPD para gerar oportunidades.

Entenda o impacto da LGPD nas empresas

Sancionada em 2018 e prevista para entrar em vigor em agosto deste ano, a LGPD determina regras sobre a coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais. Seu objetivo, portanto, é impor mais proteção e penalizar aqueles que não cumprem o que determina a lei n° 13.709/2018.

Resumidamente, a lei visa garantir o direito à privacidade e proteção de dados pessoais, através de práticas seguras e transparentes.

Do lado corporativo, a LGPD exige que empresas de todos os tamanhos estejam de acordo com os princípios da segurança da informação – confidencialidade, integridade e disponibilidade.

De modo geral, as novas regulamentações representam um cenário atual que, diante de tantas crises e ataques cibernéticos, exige mais segurança e transparência das empresas.

Na prática, as novas condutas que serão tomadas irão refletir diretamente na comunicação entre marcas e público. Isso, por sua vez, é o grande benefício para os negócios e para o mercado como um todo.

A lei vai muito além das penalidades financeiras. Ela pretende estimular o desenvolvimento de todos os setores na internet, conquistando a confiança da sociedade na coleta e manipulação de informações.

Veja abaixo como se beneficiar do impacto da LGPD.

Como as empresas podem se beneficiar da LGPD?

Sem exceção, a LGPD impactará todas companhias que trabalham com dados confidenciais.

Apesar disso, uma pesquisa feita pelo Serasa Experian, mostrou que 85% das empresas não estão preparadas para entrar em conformidade com as novas regulamentações.

A princípio, essa condição já é uma vantagem para se destacar no mercado. Isso porque, aqueles que já adotam condutas de transparência e segurança adquirem uma importante vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes.

Como já dissemos anteriormente, a Lei Geral de Proteção de Dados é apenas uma consequência de um mercado que clama por transparência.

Assim sendo, quanto antes uma empresa atender às exigências propostas, mais ela consegue melhorar sua reputação. E isso não apenas com os clientes, mas com todos os stakeholders.

Afinal, uma organização confiável tem maior poder de barganha com fornecedores e compradores.

Confira mais dois benefícios que o impacto da LGPD pode promover em sua empresa.

Eficiência na análise de dados

Além de fornecer credibilidade às empresas, a conformidade com a LGPD aumenta a eficiência de análises de dados. Os gestores, nesse sentido, podem otimizar seu tempo e tomar decisões melhores.

Hoje, ainda é muito comum que as empresas coletem informações do seu público em grande quantidade. Contudo, visto que muitos desses dados não são relevantes ao negócio, essa é uma atitude irresponsável e que prejudica a organização da companhia.

Um banco de dados desorganizado dificulta a gestão interna. Já com o banco de dados enxuto, os riscos diminuem. A empresa, portanto, não corre o risco de ser punida por perder ou manter informações desatualizadas.

Além disso, a eficiência na análise também auxilia no desenvolvimento de ações de comunicação e gestão de crises, por exemplo.

Expansão de marca

A internacionalização da marca é uma realidade distante para muitos. Apesar disso, vale a pena ressaltar que a LGPD está em conformidade com as normas de manipulação de dados de outros países.

Dessa forma, a empresa que se adequou à legislação brasileira não terá problemas em regularizar seu negócio às condutas internacionais.

Como empresas devem se adaptar à Lei Geral de Proteção de Dados?

A antecipação à LGPD é uma oportunidade única que não vai durar para sempre. Na verdade, com o tempo, a tendência é que, cada vez mais empresas passem a adaptar seus processos às restrições impostas pela lei.

Quando isso acontecer, aqueles que ainda não estiverem de acordo, serão naturalmente marginalizados pelo mercado.

O próprio sucesso das organizações está atrelado à manipulação das informações dos consumidores. Nesse sentido, a prestação de contas sobre a utilização deles passa a ser uma questão de sobrevivência.

Enfim, diante de cenário no qual o despreparo ainda é dominante, a tecnologia surge como grande aliada das organizações.

Não à toa, a segurança cibernética começa a ser encarada com mais profissionalismo e os investimentos em softwares de recuperação e prevenção contra perda de dados aumentam.

Transportadoras, por exemplo, estão sempre movimentando informações. Sabendo disso, é quase impossível manter a integridade e confidencialidade dos dados sem um sistema de gestão empresarial eficaz.

Um ERP, então, aparece como a solução ideal. Isso porque esse software integra e organiza as atividades de diferentes setores de uma empresa, como o financeiro, o RH e jurídico. Assim, com todas as informações concentradas em uma única plataforma, o processo de gestão de dados torna-se ágil e seguro.

Definitivamente, o ERP é uma ferramenta fundamental para a segurança da informação.

Por isso, se a sua empresa está procurando por um, precisa conhecer o SAP Business One. Afinal, ele é um sistema completo e totalmente integrado capaz promover mais agilidade e eficiência aos processos da sua empresa.

Agende uma reunião conosco e aumente a organização e segurança da sua empresa dentro da conformidade da LGPD.

Saiba tudo sobre o JD Edwards Orchestrator

Você já conhece o Orchestrator? Essa superferramenta do ERP JD Edwards torna possível a integração entre sistemas e automatização de processos do JDE. Dentre as novas funcionalidades que foram introduzidas na versão 9.2 do ERP, o Orchestrator é, certamente, a principal. No entanto, o que poucos sabem é que esta funcionalidade já está disponível desde […]

Como o impacto da LGPD pode gerar oportunidades para as empresas?

A maneira como as pessoas tratam as informações privadas está prestes a mudar. Até pouco tempo, os dados digitais eram compartilhados em grande volume e sem qualquer cuidado. Hoje, com o impacto da LGPD, todo esse cenário vem mudando em resposta ao desejo por mais privacidade. Com a nova legislação, todas as empresas serão legalmente […]

Como o SAP Business One ajuda na redução de custos de aquisição e manutenção de infraestrutura dentro do escritório de advocacia?

Diante de um cenário de crise mundial, a transformação digital é algo cada vez mais urgente. Ter o SAP Business One, nesse sentido, é uma alternativa que acelera esse processo, pois permite modernizar os procedimentos de negócios e competir de forma eficaz. Através dele, empresas, incluindo os escritórios de advocacia se adaptam, reduzem custos e […]

Como o SAP Business One pode ajudar no crescimento estruturado de uma empresa

O crescimento da empresa é um sonho partilhado por seus colaboradores, diretores e gestores. Afinal, todos trabalham para que os melhores resultados sejam alcançados . Porém, ele deve ser um crescimento estruturado, para que não se torne um pesadelo para organizações de diversos segmentos. Apesar de serem vistas como “ótimos problemas”, novas demandas repentinas, como […]